domingo, 13 de setembro de 2009

Segurança em casa

Quando eu tive a Luiza eu não me preocupava com acidentes domésticos e posso dizer que nunca aconteceu nada mesmo! A primeira vez que a Luiza ralou o joelho ela já tinha quase dois anos. Ela nunca se interessou por tomadas, nunca entrou na cozinha com forno ligado... Quando ela nasceu eu morava no sexto andar e como tinha dois gatos nós colocamos tela em todas as janelas. Mas nunca aconteceu nada com a Luiza!
Aí veio o Henrique e além de cuidar da Luiza eu tinha que cuidar do Henrique. Assim ele ganhou um belo machucado no nariz quando tinha 8 meses. Puxou uma fita de vídeo que caiu bem no nariz, tadinho! E esse foi só o começo! Caiu da cama, do carrinho, do cadeirão, vivia ralado...
E depois veio o Pietro. Esse coitadinho, vive se machucando! Quando eu vejo, já foi! Esse é o problema! Não é que eu não cuido, mas quando se tem mais de um filho as atenções ficam divididas! O Pietro já se queimou feio no forno e até hoje ele tem medo de chegar perto. Ele já caiu do cadeirão e foi parar no pronto socorro, pois ficou vomitando e totalmente fora de si, apático! Hoje eu estava na cozinha e ele estava na sala com a Luiza. Eu tirei uma panela do fogão e desliguei o fogo (sorte mesmo) e de repente vejo ele atrás de mim com a mãozinha na grade do fogão! A sorte dele foi que foi tão rápido que não queimou!
Existem um monte de acessórios para equipar a casa para proteger os pequenos. No site da Alô Bebê tem vários deles. Eu ia colocar aqui uma fotinho desses acessórios, mas são tantos! Mas vou falar um pouquinho do que acho sobre cada um!
- protetores de tomada: é muito interessante. Meus filhos nunca enfiaram nada na tomada, mas eu já, quando era bem pequena! Lembro do choque até hoje!!! Acho que os protetores sem desenhos e transparente são os melhores, pois não chamam a atenção dos pequenos!
- protetores de quina: Nunca coloquei aqui em casa, mas também não tenho quinas muito perigosas aqui. Acho legal para aqueles móveis com quinas bem afidas! Mas já ouvi algumas pessoas falarem que esses protetores saem muito fácil. Aí é umaquestão de testar as marcas e ver qual é a melhor!
- fecho para ármario: Execelente! Tenho apenas um, mas vou comprar mais! Além de ser um acessório para a segurança dos pequenos (principalmente quando tem algo perigoso dentro do armário) é uma sossego para os pais! Bebês adoram armários com panelas e potes de plástico! Eu deixo o Pietro mexer de vez enquando, quando estou com paciêcia para guardar tudo depois! Mas quando não estou com tempo eu coloco a trava e ele não consegue abrir! Existem vários tipos de travas para vários tipos de puxadores de armário! Esse eu acho legal e acho que vale a pena sempre!
- protetor para dedos: é um tipo de espuma para ser colocada encaixada na porta e evita que a porta se feche e prenda os dedos do bebê. Interessante para colocar em alguma porta que precise ficar aberta sempre! Caso contrário é melhor manter a porta fechada e pronto! Interessante também em casas com muita corrente de vento. Evita que você abra a porta para pegar algo no quarto, por exemplo e o vento bata a porta! Aqui em casa eu nunca vi necessidade. Mantenho sempre as portas fechadas.
- trava para gaveta: muito legal, principalmete para aquelas gavetas com corrediça! É uma travinha que não deixa a gaveta abrir toda e fica difícil a gaveta ser fechada com força e prender o dedinho do bebê! Existe também um tipo de trava que é colocada por fora e o bebê não consegue nem abrir um pouquinho a gaveta! Esses dois tipos de trava protegem tanto os dedinhos quanto o conteúdo das gavetas!!!
- trava para geladeira: é uma trava interessante para evitar que o pequeno abra a geladeira. Nunca precisei, pois os meus nunca foram tão curiosos assim! Quando o Henrique passou a abrir a geladeira ele já era grandinho para eu deixar!
- trava para vaso sanitário: ótimo, maravilhoso! Já perdi meia, brinquedo e até roupa íntima que foi pela descarga! Mas tem um problema. Como tenho o Henrique não dá para usar! Ele até consegue abrir a trava, mas não consegue segurar o xixi até fazer isso hehehe! Mas para quem tem um filho só, ou para quem tem um mais velho que já dá conta de abrir a trava e segurar o xixi ao mesmo tempo, é um bom acessório para a segurança de alguns objetos e para economizar com desentupidores!
- redutor de fios: sabe aquele fio enorme que fica sobrando entre a TV e a tomada? Tem um acessório que guarda ele em uma caixinha! Aqui em casa nunca foi preciso, mas pode alguma casa que seja útil! Estou pensando em colocar, mas para evitar juntar aquele monte de pó nos fios...
- protetor para porta de forno: é semelhante ao de geladeira e evita que o bebê abra o forno de propósito ou mesmo acidentalmente quando se apoiar para ficar de pé. Acho muito mais eficiente manter o bebê afastado da cozinha!
- protetor frontal para fogão: é um protetor de acrílico que é colocado na frente do fogão, formando uma barreira contra mãozinhas curiosas. Teria evitado o meu susto de hoje, pois o Pietro não teria alcançado a grade do fogão! Eu achei esse protetor bem chato e nunca tive coragem de comprar, pois parece que atrapalha um pouco! Ainda acho mais seguro manter o bebê longe da cozinha!
- portão/grade de porta: muito útil mesmo! Para colocar nos acessos à escadas e para colocar na porta da cozinha por exemplo! Ou em quanquer porta que você queira colocar para manter o bebê longe de algum cômodo!

Existem mais acessórios, mas não me lembro agora. Mas o mais importante é colocar esses acessórios antes do bebê começar a engatinhar! Escolha com cuidado e veja o que achar mais interessante e equipe a casa antes de precisar! Se você colocar um protetor de quina depois que o bebê já tiver passado por aquela quina quinhentas vezes, quando ele ver o protetor vai tentar arrancar! Assim também é com os protetores de tomada!

Outra medida simples é prestar muita atenção! Percebi que quanto mais filhos, mais difícil é seguir isso!!! Você acode um filho e o outro sobe na mesa! Vai colocar shampoo em um e o outro consegue se soltar do cinto do cadeirão e dança em pé na bandeja! É uma loucura mais de um filho e os acidentes crescem na mesma medida que o número de filhos aumentam hehehe Mas na mesma medida cresce a capacidade de diferenciar o grve do que não é grave e os sustos não ficam tão grandes! Mas mesmo assim é como dizia a minha avó: melhor prevenir do que remediar!

Indicação de site sobre segurança infantil: Criança Segura

4 comentários:

Carla disse...

Muito legal o post!!

Acompanho o blog e estava sentindo falta das atualizações.

Nanda disse...

Nossa! Eu não conhecia 1/3 das coisas que você falou... Aqui em casa é super perigoso, casa de adulto mesmo, mas como não é MINHA casa vai ser difícil proteger todos os cantinhos... O jeito é ficar de olho!

Cynthia Santos disse...

Minha situação é um pouco parecida com a da Nanda... meu filhote fica na casa da avó, e ela adora encher a boca pra dizer que nunca precisou disso comigo e minha irmã...ai,ai...

Rosa Jurema disse...

Muito obrigada, foi muito util para tirar muitas das dúvidas que eu tinha.

Abraço,
Rosa